A LIBERDADE DA WEB É UMA PRIORIDADE

9 Jun

Defender a liberdade e independencia da internet, deve ser uma tarefa prioritaria para todos os utilizadores da web.
Como reforço dos argumentos a favor dessa prioridade para todos nós, veja-se as revelações na ultima semana de alerta sobre a vigilancia massiva por parte da agencia segurança dos EUA atraves dos servidores das grandes empresas (Google, Facebook, Twitter..),com estes a desmentir.
Agora podemos entender as declaraçoes da Google uns anos atras :”nos pedimos que as regras da lei sejam mais transparentes”, “gostariamos de responder mais as v. perguntas mas legalmente não podemos”. Como se calcula agora, seria um “gritinho” de alerta sem zangar o papão, que quando lhe apetece pode ser mau (Que o digam aqueles cerca de tres mil cidadaos que foram assassinados por um raio vindo do ceu, em muitas partes do mundo -felizmente ainda só nas colonias de fora da UE).
Voltando a gente séria lembro o que disse Tim Berners_Lee na blog da WEB Foundation: A entrada dos serviços de vigilancia nas comunicaçoes pela internet é uma grosseira violação dos direitos humanos. Encorajo todos os internautas a exigirem maior protecção legal e o direito a serem informados de qualquer recolha dos seus dados pessoais”.
Só posso dizer que levem a sério este aviso; para alem do seu valor profético é a opinião dum dos fundadores da web, com todo o peso que isso representa de amor a liberdade e informação livre.
O que se temos como certo, é que a vigilancia existe e que pelo menos com um país periferico da UE (Inglaterra) tem havido troca de informações. Sabendo o poder dos ingleses nos sistemas de espionagem e informação, assusta que as agencias europeias se sintam tentadas a seguir os “democratas transparentes” da ilha adjacente a europa. Até porque os resultados são convidativos(invasao do Iraque, eleiçao do Camarao/Murdoch,Libia/petroleo,Siria/Israel,petroleo do golfo; tudo bem informado e controlado).
Claro que para não perder a confiança dos seus clientes mundiais, os dirigentes tentam, mantendo uma certa honestidade formal, negar com unhas e dentes que ultrapassem as imposições legais= ordens tribunais.
Como o conseguem conciliar a verdade com a vigilancia? :
Foi criado há varios anos ,programa PRISM, uma derivaçao da sala de controle das tecnologicas que os unicos que tem a chave(acesso) é precisamente a NSA.
Assim todos estão bem com a sua consciencia : Google, Facebook, Twitter AT&T; Verizon..) negam que tenham dado mais dados que os tribunais decretam e os espias desviam toda a informaçao que querem, quando querem, de quem querem e online.
Talvez por esta amostra possam perceber como a prioridade de defender a internet livre, independentemente de todas as nossas outras opçoes na vida é tão importante. Informem-se bem,votem em quem querem, sejam de que seita ou clube gostam mas defendam a web, por amor a liberdade. Os perigos da web são iguais a tudo na vida:temos que ser nós a defendermo-nos; cominformação..livre.

http://gigaom.com/2013/06/07/through-a-prism-darkly-tracking-the-ongoing-nsa-surveillance-story/

Uma injustiça para muitos

11 Apr

Lembro o caso daquela Repartição que só abria à tarde e para onde “alguém” telefonou de manhã.
Estava a mulher da limpeza que informou que não estava ninguém.
O “alguém” perguntou:
- Então de manhã não trabalham?
E ela explicou:
- Não, de manhã não vêm. À tarde é que não trabalham ! …

Desenvolvimento versus divergencia

4 Apr

Comparando o modo como os povos enfrentam as suas divergencias e o grau de desnvolvimento das sociedades, podemos vislumbrar um padrão com que ganhamos de certeza em meditar:
«não há milagres, não é a merkl ou o painatal que vêm resolver os nossos atrazos. Por muitas manifestações-procissões e muita esperança que possamos ter “neles”, não passam de ilusões, a realidade e construida mesmo e por nós, todos os dias com a nossa atitude, comportamento civico e não apenas obrigação dos governos.
Na Síria resolvem os diferendos a tiro de canhão. No Egipto a facada e a tiro. Na Grecia a pedrada e greves ferozes. Na P. Iberica com acusações e insultos azedos. Na Inglaterra com insinuaçoes meio veladas.
Na Dinamarca e P.Escandinavos por discussao e votação das propostas.
Até agora percorrendo as duas colunas desenvolvimento/tolerancia encontro uma concordancia grande . Se fosse igual no próximo totoloto acho que recebia uns euritos.

Image

experiencia imagem -publicar

2 Apr


escada bem interessante para aplicar em qualquer lugar com arvores frondosas

Video

Discriminacao perniciosa nao assumida: a lingua

31 Mar

A discriminacao que mais prejudica os povos do mundo, julgo ser a devido a lingua. Cidadaos da UE, da Africa, da America do Sul, practicamente de todo o mundo que nao fale ingles ficam em desvantagem, seja no acesso a informacao de qualidade, seja num concurso para um emprego, seja na facilidade de estudar ou singrar no meio dos medias, em comparacao com os que ja tem a lingua inglesa.
A informacao em muitas partes do mundo (UE) ou nas publicacoes internacionais e cientificas faz-se natutalmente em ingles.
As elites dos paises nao nativos do ingles, devem ter em conta a dificuldade que sentem as suas populacoes em aceder aos conhecimentos e informacao se nao for disponibilizada na lingua propria. Mesmo que parte dos cidadaos tenham alguma literacia em ingles, é certamente reduzida a percentagem que capta tudo como na propria lingua; vai falhar sempre algo.
Para quem esta familarizado com a literacia, sabe bem que mesmo nos que sabem ler a propria lingua, o grau de entendimento do que se leu e bem menor do que o total dos que leram correctamente.
A divulgacao da ciencia e cultura sao caminhos certos para melhorar a vida dos povos, despertando, tanto nos jovens como nos adultos, a curiosidade de aprender e a capacidade de entendimento de materias cada vez mais complexas.
Aperfeiçoar a qualidade e quantidade de publicações nas linguas proprias, deve ser uma prioridade para os divulgadores. O esforço pode ser muito rentabilizado, optando pela colaboração online, ja que tanto na publicação como na leitura a cooperação nao tem fronteira nem distancia. Povos que falem linguas ibericas (portugues/espanhol) podem ler com mais facilidade as publicações comuns, aumentando a variedade da oferta ou facilitando e acelerando a adaptação na lingua local.
Este objectivo deve ser prioritário para blogs/sites que queiram contribuir para a diminuição da quantidade/qualidade de materias na web, entre a lingua inglesa (existe quase tudo) e as nossas linguas.
Algumas( muitas) populações têm dificuldade ate na lingua propria, quanto mais com ingles. Vamos contribuir para diminuir a discriminação mais prejudicial de todas.

porque sera que os pedidos dos eleitores sao ignorados pelos politicos?

31 Mar

————————————————————————————————
Caros Amigos,

Acabei de ler e assinar a petição online: «Cortar 50% o valor da subvenção pública para as eleições autárquicas de 2013»

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=M50

Pessoalmente concordo com esta petição e acho que também podes concordar.

Subscreve a petição e divulga-a pelos teus contactos.

Obrigado,
antonio manuel santos cristovao

28 Jan

cristof9:

excelentes artigos muito claros de seguir

Originally posted on A Ciencia Cierta:

genomas y anonimatoEn este mundo de protección de datos, hackers, brechas de seguridad o gente que te roba tu perfil de facebook, la facilidad con la que se puede acceder a datos personales en internet podría llegar a revelar un tipo de información mucho más sensible. De hecho, lo más íntimo que podemos conocer de una persona: la secuencia de su genoma.

Mucha gente participa voluntariamente en programas de investigación, bien como enfermos o como sujetos sanos, y en muchos casos esos estudios incluyen información genética de esas personas. Es una práctica habitual, exigida por la ley, llevar a cabo una anonimización de las muestras de modo que sea imposible adivinar la identidad de las muestras que se están estudiando. Hasta ahora pensábamos que esta codificación era suficiente para salvaguardar la intimidad de los donantes, pero ya no: investigadores del Instituto Whitehead de los Estados Unidos acaban de…

View original 274 more words

Aside

A pesada consequencia do bloqueio criminoso a Cuba

25 Jan

O isolamento forcado do povo Cubano afastado da concorrencia economica, politica e variedade informativa deixa a grande maioria mal preparada para enfrentar as tranformacoes que se vao dar com a abertura -que estará próxima.
E importante ter grande numero de dirigentes preparados, nas diversas correntes de opiniao quer políticas quer sociais, para poderem encaminhar os naturais e acalorados debates que naturalmente vão surgir. Como se pode facilmente observar em todos os países que enveredaram pela abertura política, os acesos debates podem realcar apenas o acessorio =debater a constituicao e “esquecer” as leis concretas e que sendo menos visiveis para a opinão publica distraída com o debate, levam a erro que o povo so dara conta quando a factura for muito pesada e sofrer as incongruencias da realidade
Tanto as forcas do governo como oposicao caminham num caminho frutuoso se prepararem seriamente gestores e chefias em sectores chaves para o futuro e bem estar do povo cubano. Sectores naturalmente que vao ter o interesse dos grupos economicos muito treinados na competicao dura em mercados abertos, nos paises de origem.
Planos estrategicos pensados com rigor e eficiencia, com muitos gestores treinados a tempo na concorrencia feroz, mesmo que atraves de estagios no estrangeiro.
Dar prioridade ao turismo, distribuicao/abastecimento, telecomunicacoes/media, construcao civil, sector automovel e bancos/seguros para que nao caiam em maos estrangeiras as riquezas de Cuba que tantos sacrificios tem custado a toda a populacao, parece-me uma tarefa a congregar governo e oposições, com tempo e responsavelmente
Como aparte vale a pena acompanhar o que tem acontecido em paises como Espanha, Grecia ou Portugal apos o fim de regimes de partido unico. Ex: Portugal 30 anos depois fim regime = Turismo+hoteis+avioes+agencias+bancos pagamento turismo,maioria inglesa; Exportadores vinho Porto sao cinco (4 sao ingleses); companhia electrecidade chinesa; aeroportos franceses; cimentos brasileiros…so para despertar o interesse e para o procurarem a informacao.
Pode ser interessante informar os futuros votantes que discutir com paixao é positivo mas mais positivo e discutir o que mais afecta a vida dos cidadaos,com tempo, com boa informacao e com consciencia da verdade.
Não adianta depois, quando do acalorado dos debates enfrentar os adversários de que a culpa e deste ou de aquele. Importante mesmo e preparar com eficiencia e lealdade os futuros combates políticos e economicos. Os maus exemplos abundam desde que se queira ver, para perto ou para o medio-oriente; e não auguram nada de atraente.

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.